Gamification: o que é e como implementar

Entenda como estruturar e implementar a estratégia de gamification ideal para suas operações de acordo com as necessidades do seu negócio

O uso de elementos lúdicos em contextos de negócio ajuda a promover o engajamento e a otimização de performance em alguns processos. Especialmente naqueles em que há um esforço repetitivo ou necessidade de dedicação maior. Mas implementar o gamification na prática exige um bom planejamento, além da estruturação de uma estratégia que tenha relação com sua organização.

Por que Gamification?

O principal objetivo ao desenvolver estratégias de gamification na prática é adicionar desafios, dinâmicas e recursos envolventes para engajar os participantes em processos que geram bons resultados para o negócio. A visão lúdica é o que facilita a compreensão do objetivo final da proposta e o que irá inspirar o senso de competição entre os envolvidos. No fim, podemos esperar pelos seguintes resultados de uma implementação de gamification:

• Maior engajamento e colaboração
• Metas e objetivos de negócios bem definidos
• Ciclos rápidos de feedbacks
• Desenvolvimento de novas habilidades
• Maior compreensão sobre os processos de uma empresa
• Sensação de estímulo frente aos desafios
• Aumento de produtividade

Segundo o estudo Gamification 2020, realizado pelo Gartner, empresas que adotam estratégias de gamification identificam uma melhora de aproximadamente 20% no engajamento de seus colaboradores em processos de aprendizagem.

Como desenvolver e implementar uma estratégia de gamification?

Diferentes processos e práticas de um negócio cabem em uma estratégia de gamification e os resultados alcançados podem ser bastante satisfatórios. O mais importante é que você tenha em mente quais são seus principais objetivos, o comportamento que você espera estimular e conheça o perfil dos participantes. Depois de estabelecer a dinâmica do jogo, crie uma maneira para de deixar tudo divertido, sempre mensurando os resultados de engajamento e participação.

Nesse sentido, podem ser desenvolvidas propostas como:

• Contabilizar as pontuações dos participantes conforme a produtividade e fazer o ranqueamento em diferentes intervalos de tempo (semanal, quinzenal ou mensal, por exemplo);
• Programas em que os participantes troquem pontos por prêmios e recompensas;
• Dinâmicas em que os participantes precisem desenvolver tarefas extraordinárias em determinado limite de tempo;
• Formação de equipes virtuais rotativas, em que cada participante tenha uma função específica;
• Competições individuais ou coletivas dentro de um determinado time. O critério pode ser quantitativo, através de metas ou por velocidade para entregar demandas, por exemplo;
• Também é possível utilizar a dinâmica de gamificação para motivar o envolvimento em treinamentos oferecidos pela empresa ou a participação em testes e avaliações.

Uma estratégia eficiente para implementar o gamification depende, em primeiro lugar, de um propósito bem definido. Liste as atividades que os participantes deverão executar e esquematize como funcionarão os ciclos de feedbacks e recompensas para motivar e iterar essas atividades. Garanta as ferramentas necessárias para aplicar os elementos da dinâmica. Não se esqueça de estabelecer as regras e comunicá-las da melhor forma possível. E o mais importante: transforme sua proposta em algo realmente divertido. Daí para frente, é só botar a mão na massa e colocar seu projeto em prática.

Quer saber como implementar Gamification em suas operações e otimizar seus resultados de negócios? Acesse nosso material e conheça o passo a passo dessa jornada: 10 passos para implementar Gamification em suas operações

Fale com nossos especialistas!

Autor: Oscar Nogueira Neto