Open Banking: o que é e como funciona?

Open banking: o que é e como funciona?

Open Banking está mudando a maneira como o mercado financeiro opera, impactando diretamente usuários, bancos, fintechs e instituições relacionadas  

O Open Banking passou a fazer parte da realidade dos brasileiros em novembro do ano passado, quando teve início a primeira fase do processo de implementação da plataforma. A partir de então, começou a ser estabelecido o compartilhamento padronizado de dados e serviços por instituições financeiras e demais organizações autorizadas a funcionar pelo Banco Central. 

A partir da integração das interfaces de programação de aplicativos (API), todo o mercado financeiro pôde adotar uma camada de tecnologia padronizada – uma forma de comunicação fácil para simplificar a portabilidade de dados.  

O que significa Open Banking?  

Traduzindo literalmente, Open Banking significa banco aberto ou sistema financeiro aberto.  

De acordo com o Banco Central, o objetivo é aumentar a competição no sistema financeiro, com a entrada de mais fintechs no mercado para oferecer produtos e serviços a clientes que hoje são atendidos basicamente pelos grandes bancos.  

E, partindo do princípio que os dados bancários pertencem aos clientes e não às instituições, o Open Banking permite que outras empresas e serviços acessem esses dados – mas somente após a autorização explícita dos usuários. 

Como era antes do Open Banking

Bancos não tinham acesso aos dados de seus clientes em outras instituições financeiras 

Como ficou depois do Open Banking

Com a devida autorização, os aplicativos das instituições se conectam a uma interface dedicada e possuem acesso a todos os dados dos clientes 

O que isso significa na prática? 

Open banking: o que é e como funciona? 

Leia mais: Saiba mais sobre o Open Banking e entenda como a plataforma está mudando a rotina de usuários e as operações de instituições financeiras.  

Para mais informações sobre a jornada de implementação do Open Banking, entre em contato com nossos especialistas.